Pacientes diagnosticados com Pectus Excavatum sabem o quão difícil é conviver com essa condição que, além de consequências físicas, traz aborrecimentos psicológicos, uma vez que o portador se sente constrangido ao expor essa região do corpo.

Se você passa por essa situação e quer dar uma basta nisso, saiba que a cirurgia de Pectus Excavatum é a melhor opção.

O que é Pectus Excavatum?

Também conhecido como “peito de sapateiro” ou “peito escavado”, este é o tipo de Pectus mais comum e consiste em uma deformidade no tórax caracterizado por uma depressão do esterno e das costelas para dentro do peito.

Existe uma cirurgia de Pectus Excavatum?

Sim. Na verdade, existem dois procedimentos.

Cirurgia de Pectus Excavatum com a “Técnica do Dr. Malucelli”

Intervenção realizada com cicatriz na “frente” do tórax, na qual o Dr. Malucelli engloba, aproximadamente, oito técnicas cirúrgicas, sendo elas desenvolvidas por sua equipe durante seus 25 anos de mercado ou que métodos presentes entre as 20 melhores técnicas descritas na literatura médica mundial.

Cirurgia de Pectus Excavatum tem como objetivo corrigir as curvaturas de todas as cartilagens costais defeituosas do osso esterno e dos ossos das costelas.

Para isso, foram desenvolvidos materiais cirúrgicos específicos que permitem que o médico possa realizar microtorções e microrotações dessas estruturas do corpo.

Normalmente, em homens é recomendado que a cicatriz fique no sentido longitudinal (de cima a baixo na região anterior do tórax), pois isso evita que ocorram “dobras” da pele abaixo dos músculos peitorais caso a pessoa engorde ou hipertrofie os seus músculos.

Já nas mulheres, o ideal é que a cicatriz fique no sentido transversal (abaixo dos seios), pois as próprias mamas ou peças de vestuário como sutiã e biquíni, irão cobrir a cicatriz.

Esta técnica permite que, quando há necessidade, outras estruturas como as mamas, parede abdominal, localização da implantação dos músculos peitorais ou as cabeças das clavículas possam ser corrigidos durante a cirurgia.

Quais são as vantagens da cirurgia de Pectus Excavatum?

  • Método menos invasivo pois é realizado apenas na região superficial do tórax.
  • Soluciona o Pectus, seja ele simétrico ou assimétricos com grande precisão.
  • Pode ser realizada em pacientes de qualquer idade.
  • Utiliza técnicas de cirurgia plástica, o que faz com que a cicatriz fique menos perceptível.
  • Pós-operatório menos doloroso.
  • Barra utilizada fica ao nível das costelas e não dentro da cavidade torácica e, portanto, não precisa ser retirada.

Existem desvantagens?

Gera uma cicatriz na pele de cerca de 13 centímetros.

Cirurgia do pectus excavatum com cicatriz nas “laterais” no tórax

Neste método, uma barra, que vem do fabricante reta, é curvada pelo cirurgião durante a cirurgia (o que demanda experiência por parte do profissional) e colocada atravessando a região interna do tórax de um lado a outro, empurrando-o para fora e tentando corrigir o problema.

A principal vantagem desta cirurgia de Pectus Excavatum é que as incisões são menores e ela é feita na lateral do tórax.

Enquanto, entre as desvantagens estão o pós-operatório mais doloroso e prolongado, cirurgia mais invasiva e que necessita de manutenção a cada três anos, além de não pode ser realizada em todos os casos de Pectus Excavatum.

Mude agora mesmo

Lembre-se que cada caso é único e, por isso, é fundamental que você procure um médico renomado para realizar o tratamento adequado.

Faça uma avaliação online com o Dr. Malucelli, médico que iniciou sua atuação em 1991 e já realizou mais de 400 dessas intervenções cirúrgicas até hoje.

Foque na sua qualidade de vida, melhore a sua saúde e, principalmente, recupere a sua autoestima.

Relacionados: